Arquivo da categoria: RPG

Nano joguinho para tempos de pandemia

tão pequeno, né

Um certo vírus em imagem de microscopia eletrônica

Espero que vocês estejam com as mãozinhas lavadas, pois escrevi mais um nano joguinho despretensioso para passar o tempo. Trata-se de Coronatus, um mini mini mini game (sim, escrevi “mini” três vezes) para duas pessoas em extremos distintos do espectro político, feito para ser jogado à distância sem preparação alguma, sem necessidade de props ou ferramentas. Regras levíssimas (quase no rules haha). Baixa aqui e me fala o que achou!

Imagem: NIAID RML via AP

Me expulsaram do grupo da família

Sumariamente retirada

Tentei escrever um larp depois que me expulsaram do grupo de Whatsapp da família, hehehe: clique aqui para baixar

Imagem meramente ilustrativa

Garotas também querem se divertir

d20 gigante de acrílico: eu quero!

d20 gigante de acrílico: eu quero!

Eu não preciso escrever de novo – mas vou escrever assim mesmo – que garotas gostam de jogar RPG, e de conversar sobre RPG, e de produzir seus próprios jogos de RPG. Sim, mais do que jogadoras, somos também produtoras de conteúdo, tradutoras, editoras…

Para começar o ano de forma inspiradora, resolvi fazer uma lista de mulheres brasileiras que desenvolveram ou estão desenvolvendo RPGs e jogos afins (vale cenário, sistema, adaptação, aventura, larp, poem, storygame, cardgame, boardgame, etc). Certamente a lista está incompleta, e se você é uma autora de jogos que ainda não está neste post, ou conhece outros jogos analógicos feitos por mulheres do nosso país, dê um toque nos comentários. Quero conhecer também as mulheres dos boardgames e cardgames. 😉

NOME: Cecília Reis
SITE: ceciliareis.com.br
JOGO(s) DESENVOLVIDO(s): sistema Hiemis e guia sobre Sangramento (bleeding) em larps
ONDE ACHAR SEU(s) JOGO(s): Sistema Hiemis

NOME: Juliana Truite
SITE: Medium da Juliana
JOGO(s) DESENVOLVIDO(s): Tenebris (FVM2015) e Um Jogo para Amélia (Game Chef 2015)
Onde achar: Medium da Juliana

NOME: Viviane L. Costa
SITE: As Tralhas RPGísticas da Graci
JOGO(s) DESENVOLVIDO(s): Instinto (Aventura gratuita para Accursed)
ONDE ACHAR SEU(s) JOGO(s): Site da Retropunk

NOME: Evelini “Eva Morrissey” Andrade
SITE: Livros dos Espelhos
JOGO(s) DESENVOLVIDO(s): Hogwarts RPG
ONDE ACHAR SEU(s) JOGO(s): Hogwarts RPG – Bruxos de Harry Potter Adaptados para Storyteller

NOME: Ixa Passacoca
SITE: Clockworked Rat
JOGO DESENVOLVIDO: O cenário de Maeve que será multi sistema; adaptações previstas são pra GURPS e FATE.
ONDE ACHAR SEU JOGO: clockworked-rat.tumblr.com

NOME: Barbara Rodrigues e Raphael Carmo
SITE: Página do jogo no Facebook
JOGO DESENVOLVIDO: Matriarcana
ONDE ENCONTRAR SEU JOGO: Matriarcana no Global Game Jam 2016

NOME: Livia von Sucro
SITE: Dado Violado (sim, sou eu mesma)
JOGO(s) DESENVOLVIDO(s): MENINa; No Fim de Todas as Coisas; Trauma (cenário para PULSE)
ONDE ENCONTRAR SEU(s) JOGO(s): MENINa em português
“Girl”, sua versão em inglês, será publicado na antologia internacional de mini games #Feminism
No Fim de Todas as Coisas
Trauma

[update]

NOME: Eliane Bettocchi
SITE: http://www.ufjf.br/licenciaturavisuais (Eliane é coordenadora do curso)
JOGO DESENVOLVIDO: Incorporais
ONDE ENCONTRAR SEU JOGO: Incorporais RPG

Novo Mundo das Trevas muda de nome (e os 20 anos de Changeling)

Notícias rapidinhas: numa decisão que me parece acertada (ainda que superficial), a Onyx Path e a “nova” White Wolf decidiram afastar o novo WoD ainda mais do velho. A partir de agora, o setting que inclui Vampiro o Réquiem e Mago o Despertar, entre outros, passará a se chamar “Chronicles of Darkness” (Crônicas das Trevas), deixando o nome “Mundo das Trevas” apenas para o que se convencionou chamar de velho/clássico WoD.

Novo logotipo

Gostaram do novo logotipo?

O motivo por trás da mudança é permitir que as linhas de jogo do primeiro Mundo das Trevas, que começaram em 1991, e do novo Mundo das Trevas, iniciado em 2004, possam coexistir como settings distintos. A atual publicação da segunda edição dos livros básicos [do novo WoD] já evoluiu para Crônicas das Trevas, com seus cenários únicos, e esta repaginada no título permitirá que nossa equipe criativa explore ainda mais os temas e tons destas linhas de jogo
– Richard Thomas, diretor criativo da Onyx Path

Clique aqui para saber mais.

Além disso, a Onyx Path também iniciou nesta semana o financiamento coletivo da edição comemorativa dos 20 anos de Changeling the Dreaming. A alta do dólar e um aumento no frete para o Brasil fizeram com que o livro mais barato saísse por salgadíssimos 580 reais!

Clique na imagem para visitar a página do financiamento

Clique na imagem para visitar a página do financiamento

Paradox compra a White Wolf da CCP

E então fomos surpreendidos novamente: a Paradox Interactive, empresa sueca de jogos para PC, comprou a White Wolf, que até então era propriedade da CCP (responsável por EVE Online). Sim, a licença inclui os games para computador (Redemption e Bloodlines), o finado MMO, e todos os RPGs de mesa!

Agora eles é que detém os direitos negociados com a Onyx Path, atual editora dos jogos da linha World of Darkness, que fez as edições de 20 anos e têm lançado financiamentos coletivos de novos livros. Ou seja, por enquanto quem continua com a licença de publicação é a Onyx Path.

O que isto significa? Ainda não sabemos. O negócio foi de mais de um milhão de dólares. Disse a Paradox: “estamos muito animados porque Vampiro é o segundo RPG de mesa mais jogado do mundo, e metade dos jogadores são mulheres!”

[atualizado] Em entrevista, o novo CEO da nova White Wolf, Tobias Sjögren, disse que a empresa irá reavaliar os acordos de publicação já estabelecidos, e que pretendem manter os que ainda forem “interessantes”, o que pode sinalizar a permanência da Onyx Path como editora oficial do Mundo das Trevas. Essa nova WW vai funcionar como um braço independente da Paradox. Aguardamos notícias sobre licença brasileira para publicação…

Clique aqui para ler o comunicado oficial da Paradox.

[atualizado 15:44] Comunicado da Onyx Path no Facebook: “Parabéns ao pessoal da Paradox Interactive por terem adquirido a White Wolf! O futuro parece brilhante para todos os fãs da WW espalhados por aí.”

Lembrando que a Onyx Path possui integralmente as licenças de Scion e do universo Trinity, que não serão afetados pela compra da WW.

[atualizado 30/10/15]  No site oficial da nova White Wolf foi postado que o legado do Mundo das Trevas será mantido através de múltiplos jogos digitais (uma nova encarnação do Redemption/Bloodlines parece certa), além de vários eventos live-action. Provavelmente a divisão analógica deve permanecer com a Onyx Path.

 

The dark has a purpose…

Paradox até que é um nome sugestivo...

Paradox até que é um nome sugestivo…